A civilização Inka era extremamente extensa. Parte daquilo que restou dela por ser vista, não somente em Cusco e Machu Picchu, mas em outras localidades da região denominada Vale Sagrado. Há vários passeios diários saindo de Cusco ou Ollantaytambo que te levam para ver alguns desses principais pontos. Nós escolhemos um com uma empresa aleatória, já que toda agência parecia oferecer a mesma coisa e pelo mesmo preço. Ele levou o dia todo e custou 75 soles, com almoço incluído. Nós visitamos Chinchero, Salinas de Maras, Moray, Pisac e Ollantaytambo.

Chinchero é uma vila pictoresca que combina arquitetura colonial, ruínas incas e uma vista linda para as montanhas. Lá também é conhecido pela tradição do tear, sendo um ótimo lugar para comprar artesanatos.

As Salinas de Maras impressionam pela dimensão e por ainda estar em operação. De lá é extraído um sal puro que é vendido por uma pechincha no local e por uma fortuna nos supermercados elitizados de outros países.

Moray foi a parte do passeio que mais me impressionou. Os Incas cavaram círculos concêntricos de diferentes profundidades para simular diferentes contextos climáticos. Assim, eles testavam e desenvolviam plantas para serem cultivadas em seu vasto império.

Pisac é uma vila próxima a ruínas localizadas no alto da montanha que impressionam pela sofisticação e pela natureza que a cerca.

Ollantaytambo é uma cidade que guarda algumas das ruínas mais preciosas do império inca. Aqui você vai encontrar o que restou de uma fortaleza que foi construídas com pedras imensas e pesadíssimas que ninguém sabe muito bem como foram levadas até lá. Essa cidade é bastante turística e por isso há um número grande de hotéis e restaurantes. Muita gente passa por aqui antes de ir para Machu Picchu.

DICAS

  • Além do valor de 75 soles pagos à agência, você deverá comprar um boleto turístico que te dá acesso a todos esses lugares, com exceção das Salinas, que custam 10 soles. O valor do boleto é 70 soles, para um dia ou 130, caso queira o de 10 dias. Se você pretende visitar ruínas em Cusco também, vale a pena comprar logo o de 130. No meu caso, eu achei que as ruínas do passeio já foram suficientes e preferi focar Naquilo que Cusco tem de melhor, sua história colonial.
  • Se você puder contratar um passeio privado, eu escolheria tirar Chinchero, porque as ruínas em si não impressionam.  O lugar é até legal, mas pelo fato de ser uma aldeia com uma praça bonita. Talvez no domingo seja melhor, já que tem um mercado bem movimentado.
  • As ruínas de Ollantaytambo são enormes e para vê-las como elas merecem, você precisa de passar uma noite por lá.